A Cidade

Localizada a 24 quilômetros do Plano Piloto, com acesso através da Via Estrutural e da EPTG (Estrada Parque Taguatinga), Ceilândia ocupa uma área de 232 quilômetros quadrados e está localizada em uma das áreas hidrográficas mais privilegiadas do Distrito Federal.

Os seguintes cursos d’água fixam os seus limites: Ribeirão das Pedras e Lago Descoberto (ao norte), Córrego Taguatinga e Rio Melchior (ao sul), Córrego dos Currais (ao leste) e o Rio Descoberto (ao oeste, na divisa com o Estado de Goiás). A cidade situa-se na Bacia do Descoberto, que abastece cerca de 60% da população do DF.

Ceilândia surgiu a partir da Campanha de Erradicação de Invasões (CEI), levada a cabo pelo Governo do Distrito Federal em 1971. Desta campanha se originou o nome da cidade.

O chamado setor tradicional, cujo traçado urbanístico em formato de barril é do arquiteto Ney Gabriel de Souza, foi inaugurado em 27 de março de 1971. Nessa data, a dona de casa Edite Martins foi transferida, juntamente com os três filhos menores, para a QNM 23, Conjunto B Lote 02. Era a primeira família de Ceilândia.

Os trabalhos de remoção duraram nove meses e cerca de 80 mil pessoas foram trazidas das proximidades do Plano Piloto. Filho de Maria Eliete de Melo Pontes e Manuel da Ponte, o primeiro ceilandense nasceu em 02 de abril de 1971, e recebeu o nome de Clébio Danton Melo Pontes.

Depois foram acrescentados, dentro do esquema de distribuição de casas dos anos 70, mais dez setores residenciais: Setor O (QNO 02 a 15), Guariroba (QNN 02 a 10 e 18 a 26), Setor P Sul (QNP 10 a 36) e Setor P Norte (QNP 05 a 19). Vieram depois Expansão do Setor O (QNO 16 a 20), Nova Ceilândia (QNN 35, 37 e 39), Nova Guariroba (QNN 36, 38 e 40), Setor QNQ (QNQ 01 a 06) e Setor QNR (QNR 01). Existe ainda o Setor Privê, que está em vias de regularização.

São onze comunidades dotadas de identidade histórica própria e que, juntas, compõem a maior cidade do Distrito Federal.

Atualmente a cidade conta com uma população de 378.000 habitantes (é o segundo maior colégio eleitoral do DF), tem cerca de 4,5 mil estabelecimentos comerciais (entre formais e informais) e 1,6 mil indústrias. A população economicamente ativa é de mais de 160 mil pessoas.

Ceilândia ocupa ao todo 91 quadras residenciais,  intercaladas por áreas destinadas ao comércio local, templos e escolas. Há ainda áreas especiais, que abrigam outros equipamentos comunitários.

Confira algumas imagens da cidade:

18178


Blog

Sobretudo

SobreTudo

Aluisio Moura
Ceilândia vista com outros olhos

Mais Recentes

    None Found
  • Hoje Hoje 1,689
    Ontem Ontem 4,367
    Esta Semana Esta Semana 6,055
    Este Mês Este Mês 141,440
    Desde Agosto de 2009 Desde Agosto de 2009 4,206,576